O meu novo projecto, ser mãe!
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008
Medo

Começo a ficar preocupada com os medos da Iara.

Já tem medo do escuro, ia toda contente ao pote sozinha quando veio para traz dizer-me que tinha um Bicho. Fui com ele e percebo que ela associou o escuro à possibilidade de aparecer algum bicho. Acendi a luz, mostrei que não havia lá nada, mas ela não se mostrou muito convencida.

Durante a noite acorda muitas vezes a falar de bichos, e para adormecer, pede-me que lhe coloque a mão nas costas, com medo de algo que possa surgir por detrás dela.

Sei o que ela sente porque lembro-me de ter as mesmas sensações, mas gostava de a libertar desses medos de que eu nunca me libertei verdadeiramente, mas não sei como fazer.

Será que alguém me consegue ajudar, será que isto é normal?


tags:

escreveu dceres às 11:11
link do post | comenta! | favorito

6 comentários:
De filhaemãe a 15 de Maio de 2008 às 12:44
Olá!

Olha não sei se é normal ou não, só sei que a minha filha de 20 meses agora diz que tem medo de montes de coisas do dia-a-dia... tem medo da chuva, tem medo dos carros que fazem mais barulho, tem medo de cães e tantas coisas que agora nem me consigo lembrar!

O pior é que mesmo depois de terem passado horas de ter visto alguma coisa que a assustou, continua a repetir " a popó tem medo", " tem medo a cão" "tem medo a chuva"... e agarra-se a mim como se estivesse mesmo muito assustada! É claro que isto angustia-me muito, principalmente porque não a consigo tranquilizar.

Mas pronto, poder ser alguma fase típica desta idade, pois o medo é um sentimento como os outros, também tem que ser vivido e experimentado para fomentar o seu crescimento...


Mesmo a ser "normal" , não deixa de causar muita angústia a quem é mãe, não é?


De dceres a 15 de Maio de 2008 às 14:12
Pois a minha filha também tem desses medos, assusta-se por estar a chover, com os cães que ladram e com todos os barulhos que normalmente se houve quando se mora em apartamentos.
E é como dizes, não que ela aceite as explicações que lhe dou, é mesmo angustiante


De Cris a 15 de Maio de 2008 às 17:30
Olá!

Acho que todas as crianças passam por uma fase em que os medos se instalam...

O meu Duarte também andou numa fase mais crítica a esse nível... optámos por manter uma luz acesa no corredor durante a noite para ele ter alguma claridade no quarto, e dorme sempre rodeado de uma série de peluches, carros ou livros (os mais perigosos retiro-lhos depois de adormecer). Se lhe desligo a luz acorda automaticamente e se acorda sem aquele carrinho ou objecto com que adormeceu chama-me logo para o repor!!
De qualquer forma estes pequenos "mimos" têm-no ajudado a dormir mais tranquilo...

Um beijinho


De dceres a 15 de Maio de 2008 às 17:59
Quero acreditar que é mesmo uma fase. O pior é que com isso não a consigo convencer a ir para a cama dela, grande parte das noites dorme connosco.


De Cris a 15 de Maio de 2008 às 18:53
Não sou nenhuma especialista mas parece-me que a Iara, apesar dos medos que sente também terá descoberto as delícias de dormir na cama dos papás!!

Conto-te agora o caso do meu Nuno: por esta idade também ele passou por uma fase de medos nocturnos - acordava a gritar como se tivesse visto algo realmente medonho... nas primeiras vezes que isso aconteceu, pelas seis da manhã, quando estávamos no melhor do nosso sono, achámos por bem deixá-lo dormir na nossa cama. A partir dai, todas as noites acordava cada vez mais cedo com a ideia já formada "choro-cama dos pais". Tive que sofrer uma ou duas noites deixando-o chorar sem o passar para a minha cama até ele se desabituar... A fase passou naturalmente, é o que espero que aconteça também no caso do Duarte.
Também o Nuno se habituou a ter um objecto qualquer junto à cama que ele acreditava que o protegia de qualquer perigo...

Sei que perante estas situações não é fácil agirmos sem acharmos que estamos a piorar os receios dos nossos filhos... Longe de querer criticar a tua atitude, o meu intuito é apenas partilhar a minha experiência...
Espero ter ajudado

Um beijinho grande para ti e para a Iara!


De dceres a 16 de Maio de 2008 às 09:30
Obrigado por partilhares a tua experiência.
Ontem apanhei a Iara a mentir descaradamente , sobre esses imaginários "bichos", para me fazer ir onde ela queria.
Realmente temos que ser muito atentos e firmes, caso contrario somos "comidos de cebolada"
Beijinhos


Comentar post

Quem Sou
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Aconteceu

Invitation to connect on ...

Parabéns

Guerra de almofadas

Parabens Papá

Ausência

Neve

Soninho descansado

Sal

Sono

Regressão

Passado

Junho 2013

Abril 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Junho 2006

tags

aguias carecas(1)

ambiente(1)

angustia(10)

animais(4)

aniversario(1)

arte(5)

artesanato(13)

artistas(1)

bata(3)

bibes(4)

carnaval(1)

ciencia(1)

comer(6)

conquistas(44)

creche(3)

desafios(3)

doente(1)

eduard estivill(2)

educação(9)

escola(1)

eu(24)

f(1)

falar(1)

feltro(4)

feltros(2)

festas(21)

flores(2)

fotos(5)

frases(1)

grillo(1)

kefir(1)

lingua portuguesa(1)

livros(1)

luz negra(1)

medo(2)

momentos(32)

mulher(26)

natal(2)

nome(4)

palavras(1)

papa(1)

pintura(1)

piscina(1)

poesia(2)

porto(2)

portugal(1)

projectos(1)

reino das aguias carecas(2)

sal(1)

saude(5)

sono(3)

teatro(1)

vestido(4)

vicios(1)

vila do conde(1)

todas as tags

O que visito
pesquisar
 
participar

participe neste blog