O meu novo projecto, ser mãe!

Sexta-feira, 9 de Novembro de 2007
Sopa

Já me tinham dito no infantário que a Iara comia sozinha, mas eu estava convencida que , tal como em casa comia sozinha o arroz e as massinhas, mas lhe davam a sopa e a papa.

Ontem disseram-me que ela de facto come sozinha TUDO!

Nunca imaginei que ela conseguisse comer sozinha.

De facto desde o inicio o ano que noto muitas evoluções na destreza com que ela maneja a colher , mas nunca pensei que conseguisse comer a sopa.

A educadora disse-me que come e come muito bem, inclusive consegue rapar o iogurte.

À noite fiz o teste, pus-lhe o prato da sopa e dei-lhe a colher. Consegue comer a sopa sem sequer se sujar muito.

Claro não comeu a sopa toda, começou a brincar comigo e com o meu prato, em casa aquela era uma situação nova e ela achou piada. Acabei por lhe dar o resto da sopa.

Tenho que a estimular a continuar, aproveitando esta fase em que ela gosta de mostrar estas conquistas.

Por vezes nem sempre é fácil porque não temos todo o tempo que seria necessário para fazer o acompanhamento, mas é um investimento que vale de facto a pena.



escreveu dceres às 16:13
link do post | comenta! | o que disseram (1) | favorito

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007
Musica

A Iara gosta muito de musica, alem de tocar flauta, também toca muito bem bateria. Faz uma festa com a bateria do tio.

O brinquedo que ela mais gostou no Natal é um tamborzinho com musica. Diverte-se imenso com um piano faz melodias com sons de animais.

Para dormir é remédio santo e hoje descobri, que também funciona para comer.

Hoje comeu a papa toda a ouvir a "Joana come a papa ".

Não imaginava que a podia distrair para comer a cantar, mas vou repetir.


sinto-me:
tags:

escreveu dceres às 00:19
link do post | comenta! | favorito

Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007
Piruças

A Iara não é propriamente uma glutona , aliás só come quando está distraída , quando cai nela diz logo que não quer.

Para contornar o problema temos que inventar 1001 distracções para lhe conseguir dar um prato de papa.

Nas ferias enquanto estive em casa da minha mãe o nosso grande aliado era o Piruças , o nosso cão, que, na brincadeira distraia a Iara e nos ajudava a dar-lhe de comer.

Aqui em casa já não temos Piruças , as coisas ficam um bocado mais complicadas.

Estes dias e porque o desespero já era grande arranjamos um Pai Piruças, e assim se vai conseguindo fazer a Iara comer a papa

Ai, ai miúda o que nós fazemos para tu comeres um prato de sopa!


sinto-me:
tags:

escreveu dceres às 00:05
link do post | comenta! | favorito

Terça-feira, 21 de Novembro de 2006
Hora da papa

Acabei de dar a sopa à Iara e ainda estou limpa, sem sopa na cara, nem na cabeça. Bom um pouco de maça na camisola, mas nada de significativo!

Como é que consegui? Bem primeiro abandonei a cadeira, na cozinha em cima do lava loiça ou no armário tem muito mais coisas para explorar e enquanto isso, lá se vai comendo.

Vale tudo, hoje foram tabuleiros, frascos de especiarias, garrafas de água e os frascos de xarope dela. Mas já tenho usado a esponja, o esfregão e até o frasco de detergente da loiça.

Desde que funcione vale tudo. Assim tenho conseguido faze-la comer mais, sem transformar a hora da refeição numa batalha.

Não gostava de entrar nessa guerra da comida, eu sempre comi muito pouco, por isso a minha mãe e a minha avó desesperaram-se para me dar de comer. Eu lembro-me que detestava a hora da refeição, por isso comia menos ainda.

Não queria com a Iara cair nesse ciclo!

 

 


sinto-me:
tags:

escreveu dceres às 19:28
link do post | comenta! | favorito

Terça-feira, 7 de Novembro de 2006
Hora de comer

Ando muito preocupada porque não consigo dar de comer à Iara . No fim de semana é um desespero, ao jantar um circo, comida por todo lado, menos na barriga dela.

Depois chego à creche a dizer que ela está sem apetite e dizem-me que lá ela come muito bem.

E não é do sabor da comida. Um dia destes tive que sair e a minha mãe ficou lá em casa com ela. deixei-lhe a sopinha e ela deu-lha. Quando cheguei tinha o prato vazio.

Já tentei de tudo, dar de comer ao colo, na cadeira, em cima da mesa, até já lhe dei de comer no chão. Nada resulta. Já me escondi para o pai lhe dar de comer, nada.

A minha teoria é que ela guarda a fome para mamar, mas é um pouco rebuscado para uma bebe que nem 10 meses tem.

Estou desesperada e cansada de comer sopa pelos olhos, com o cabelo, porque quando  ela não quer dá palmadas na colher, é sopa por todo o lado, com a fruta que é doce a mesma coisa.

Deixo o desafio, se alguém tiver uma dica para me ajudar...


tags:

escreveu dceres às 15:35
link do post | comenta! | o que disseram (3) | favorito

Domingo, 1 de Outubro de 2006
Tão simples

Ontem fomos jantar fora. Temos ido cada vez com menos frequência .

Quando era mais pequenina, a Iara ficava muito sossegadinha na cadeirinha e não havia problema, mas agora o tempo que ela aguenta na cadeira é cada vez menor e ainda é pequena para se sentar na mesa.

Normalmente chateia-se da cadeira antes de terminarmos a refeição, assim um de nos tem que deixar de comer para pegar nela. Ao nosso colo quer chegar a tudo o que está em cima da mesa para meter na boca ou para o chão, de modo que estes jantares tornam-se uma batalha.

Mas desta vez foi diferente. O dono do restaurante, também ele pai percebeu o nosso drama e trouxe-nos a solução. Nada mais simples, um grande canto de broa.

Ela ficou toda contente por ter o que meter para a boca e nos ficamos mais descansados porque com aquele tamanho ela não corria o risco de engolir e se engasgar.

Consolou-se se roer a côdea , depois entreteve-se a passar os deditos no miolo e soltar bolinhas que tentava apanhar.

Enfim, uma coisa muito simples transformou-se num verdadeiro parque de diversões, e nós comemos as sardinhas quentinhas!

 


sinto-me:
tags:

escreveu dceres às 14:59
link do post | comenta! | favorito

Quem Sou
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Aconteceu

Sopa

Musica

Piruças

Hora da papa

Hora de comer

Tão simples

Passado

Junho 2013

Abril 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Junho 2006

tags

aguias carecas(1)

ambiente(1)

angustia(10)

animais(4)

aniversario(1)

arte(5)

artesanato(13)

artistas(1)

bata(3)

bibes(4)

carnaval(1)

ciencia(1)

comer(6)

conquistas(44)

creche(3)

desafios(3)

doente(1)

eduard estivill(2)

educação(9)

escola(1)

eu(24)

f(1)

falar(1)

feltro(4)

feltros(2)

festas(21)

flores(2)

fotos(5)

frases(1)

grillo(1)

kefir(1)

lingua portuguesa(1)

livros(1)

luz negra(1)

medo(2)

momentos(32)

mulher(26)

natal(2)

nome(4)

palavras(1)

papa(1)

pintura(1)

piscina(1)

poesia(2)

porto(2)

portugal(1)

projectos(1)

reino das aguias carecas(2)

sal(1)

saude(5)

sono(3)

teatro(1)

vestido(4)

vicios(1)

vila do conde(1)

todas as tags

O que visito
pesquisar
 
contador
Web Site Counter
participar

participe neste blog