O meu novo projecto, ser mãe!

Sexta-feira, 10 de Outubro de 2008
Regressão

Desde que dei o ralhete à Iara, ela de facto ficou mais calma, mas coincidência ou não, voltou a fazer xixi na fralda durante a noite e começou a acordar varias vezes com pesadelos.

No entanto continua a achar que foi bem necessário o castigo, estava a começar a perder o controle.

Agora, com ela mais calma, tenho-a mimado muito, muitos miminhos e muitos beijinhos, mas sem nunca permitir que as regras sejam quebradas.

É um percurso difícil, a fronteira é ténue e fácil de ultrapassar, exige muita a tensão, nem sempre é fácil no meu de todas as obrigações diárias manter o nível de alerta



escreveu dceres às 00:43
link do post | comenta! | favorito

Terça-feira, 30 de Setembro de 2008
Tem dias!

Depois da minha ausência, a Iara anda muito mimalha.

Estadia em casa dos avós, mudança de rotinas, muitas prendinhas no regresso deixaram-na muito exigente, por tudo gritava e refilava.

Ontem cheguei do trabalho exausta e ela não desarmava, muitos gritos, muitas birras com o irmão deixaram-me de rastos.

Na hora de levar o mamo a casa, depois de uma enorme birra a exigir um chupa-chupa, decidi que tinha que tomar o controlo da situação antes que descambasse de vez.

Quando ela se preparava para acompanhar o papa até casa do irmão agarrei nela e disse NÂO! Portaste-te muito mal por isso ficas!

Berrou, vieram as vizinhas ver o que se passava, mas ficou.

Quando finalmente se acalmou e fizemos com calmas as rotinas antes de deitar, pude-lhe explicar com calma o porque do castigo e ela ouviu-me com calma.

Como por magia hoje estava incrivelmente calma, brincou sossegada com o irmão e depois foi leva-lo a casa.

Não sei se foi consequencia do castigo de ontem, mas de facto hoje esteve muito bem comportada, já não me lembrava de um dia tão socegado!

Felizmente há dias assim!



escreveu dceres às 21:55
link do post | comenta! | favorito

Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008
De novo...

Já aqui vos contei, que a Iara nos levou até às urgências, com uma suposta dor no pulso, e que a dor passou mal viu outros meninos para brincar na sala de espera da urgência.

Pois é, parece que esta menina é especialista nestas fitas.

Ontem quando lhe tirava a roupa para dormir a sesta ao levantar-la, desata num pranto com dor no braço/mão.

De um lado o pai perguntava-me se não lhe tinha dado nenhum esticão, do outro berrava ela desesperadamente.

Não só não lhe tinha dado esticão algum, como não tinha sequer feito força, mas os berros não paravam.

Lembrei o papa da cena que já tínhamos passado e deitei a chorosa Iara que estava perdida de sono.

Com as minhas mão a ampara o braço queixoso lá se deixou dormir. Acordou com dores, mas o sono era tanto que lá dormiu de novo, mas voltou a acordar em altos berros,

Como já tinha dormido um pouco decidi mudar de estratégia. - Bem menina vamos comer, porque a papinha faz passar os "doí-dois".

Papinha comida, ficou logo mais animada, larguei-lhe o braço e incentivei-lhe a brincadeira.

Sabem o que acontecei, não sabem. - Já passou mama, já não dói!

Mais uma vez fico na duvida, seria tudo fita ou doía-lhe mesmo? Não chego a perceber

 


sinto-me:

escreveu dceres às 15:48
link do post | comenta! | favorito

Sábado, 12 de Julho de 2008
Educação

 

Crianças Humilhadas, serão adultos inseguros.



escreveu dceres às 15:01
link do post | comenta! | favorito

Quarta-feira, 18 de Junho de 2008
Birras

A semana passada, por uma contrariedade qualquer, a Iara atirou-se para o chão.

Foi a primeira vez que ela fez isto, confesso que não sabia muito bem como lidar com a situação.

Veio-me imediatamente à cabeça, aquelas situações que por vezes assistimos nos supermercados, miúdos a atira-se para o chão porque querem alguma coisa que os pais não querem/não podem comprar. Sempre esperei conseguir dar uma educação à minha filha que evitasse esse tipo de comportamentos, mas infelizmente as crianças vem sem livro de instruções e o que funciona com umas não quer dizer que resulte com outras.

Bem, tentai não perder a calma e afastei-me dela para não tomar nenhuma atitude precipitada.

Tinha 3 soluções:

         1ª dar-lhe um ralhete - no meio da crise só contribui para a ampliar

         2º ignorar - há medida que o tempo passa a ira pode ser substituída por angustia 

        3º  apanhá-la do chão e dar-lhe um grande beijo - não há melhor para combater a ira que um carinho (é o que eu gosto que me façam nos momentos maus que também tenho)

 

Claro que optei pela 3º via.

Claro que é sempre necessário deixar passar aquela ira inicial (numa bebe de 30 meses bastam alguns segundos), o motivo da birra é imediatamente esquecido, nem eu me lembro e ainda recebi muitos  miminhos.

 

No mesmo dia, mais tarde voltou a repetir o comportamento, e eu voltei a repetir o remédio.

Dai para cá não repetiu, acho que percebeu que não conseguia alcançar os objectivos, e ainda fazia figura ridícula, mas se voltar a acontecer tenciono seguir o mesmo método.



escreveu dceres às 18:14
link do post | comenta! | favorito

Sábado, 17 de Março de 2007
Para os dias de chuva!

Um link com muitas sugestões giras para divertir os filhotes!

http://web.educom.pt/escolovar/primav.m.htm



escreveu dceres às 16:40
link do post | comenta! | o que disseram (3) | favorito

Terça-feira, 28 de Novembro de 2006
Boneca

Ontem à tarde a Iara não conseguiu dormir, disse-me a educadora, e a culpa foi do bebe.

Ela estava atentar adormecer o bebe, mas como o  bebe não dormiu ela também não!

O bebe é uma boneca que ela tem na creche.

Um dia destes, quando lá cheguei, ela estava imitar a educadora que dava de comer à Ritinha, dando de comer à sua bebe. Parece que ontem tentou adormece-la.

O mais engraçado é que em casa nunca a tinha visto pegar em bonecas, só lá tenho uma, é uma boneca de trapos, mas não a costumava dar, porque ela agarrava no cabelo de lã e ficava com as mãos cheias de fibras.

Ontem dei-lha para ver a reacção e lá se pôs ela muito amorosa a tentar adormecê a boneca .

É mesmo menininha!


sinto-me:

escreveu dceres às 14:50
link do post | comenta! | favorito

Sexta-feira, 17 de Novembro de 2006
Hábitos

O Homem é um animal de hábitos, disse-me o pediatra ainda estávamos no hospital!

Já em casa a sentença era a mesma - não a habitues...

Mas nem sempre é fácil em momentos de crise respeitar hábitos, por vezes faz-se o que se deve e o que não se deve para sair da crise.

A Iara não é uma bebe de hábitos, nunca se habituou à chupeta, nem a nenhum objecto para dormir, depressa se "desabituou" ao biberão e nunca teve grandes hábitos de sono. Cada dia é diferente, é sempre conforme a disposição.

Se por um lado dificulta, porque nunca sabemos com o que contar, por outro dá um grande à vontade, porque nada é rígido .

Com o biberão foi uma grande surpresa porque aos 2 meses ela não queria saber do biberão para nada, era só maminha. Chateavam-me muito para a habituar ao biberão, porque podia acontecer alguma coisa com o meu leite e ia ser uma caso dos trabalhos,.

A verdade é que nunca consegui dar-lhe o biberão.

 Um dia ela estava particularmente esfomeada, como não conseguiu ficar satisfeita com o meu leite, agarrou-se ao biberão se nenhuma confusão.

O pediatra disse-me que tinha sorte, que os bebes não são todos assim!

Agora achei que o habito de adormecer a mamar já não se justificava. Já o tinha o retirado uma vez, mas depois tive que o reintroduzir quando ele se começou a levantar sozinha. Achava tanta piada a levantar-se na cama, que não conseguia mantê-la deitada à espera do sono, a solução era dar-lhe de mamar.

Como a habilidade de se levantar, já não é novidade já consigo que ela fique deitado, por isso achei que era uma boa altura.

No primeiro dia chorou, resmungou veio para cima da mim à procura da maminha e depois lá se deixou vencer pelo sono ao som do Vitinho .

Na segunda noite, ainda resmungou, mas sabia que não ia mamar,  por isso agarrou-me na mão e deu-me umas trinquinhas nos dedos, como quem quer dizer que queria outra coisa, mas sabe que não pode ser... e eu do outro lado a pensar -  também gostava, mas é assim quer tem que ser...

Assim deixei de fazer uma cavalo de batalha dos hábitos, manter algumas rotinas é importante, mas mais importante é viver cada dia o melhor possível .

Tão querida a minha menina!

 


sinto-me:

escreveu dceres às 15:16
link do post | comenta! | o que disseram (1) | favorito

Terça-feira, 14 de Novembro de 2006
Telemóvel

Ontem dei com a Iara de Telemóvel ao ouvido, ainda pensei que o ia atirar para traz das costas - como faz a todos os brinquedos, para os ouvir cair, depois vai ver o estrago, mas não, lá andava com o aparelho na orelha.

Simulei uma conversa telefónica para ver a reacção e ela solta um grande sorriso, tinha alcançado o objectivo .

Hoje acorda e põe a caixa da pomada de novo no ouvido, a maneiro do telemóvel e fica toda deliciada quando eu me ponho com conversa de telefone.

Ela gosta muito de ouvir as vozes familiares a saírem do aparelho, e põe-se a olhar a ver se a pessoa aparece de dentro dele, deve fazer-lhe uma grande confusão, mas é magico.

Quem diria uma pimpolha de 10 meses e já imita o que vê.

 


sinto-me:

escreveu dceres às 15:51
link do post | comenta! | favorito

Quem Sou
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Aconteceu

Regressão

Tem dias!

De novo...

Educação

Birras

Para os dias de chuva!

Boneca

Hábitos

Telemóvel

Passado

Junho 2013

Abril 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Junho 2006

tags

aguias carecas(1)

ambiente(1)

angustia(10)

animais(4)

aniversario(1)

arte(5)

artesanato(13)

artistas(1)

bata(3)

bibes(4)

carnaval(1)

ciencia(1)

comer(6)

conquistas(44)

creche(3)

desafios(3)

doente(1)

eduard estivill(2)

educação(9)

escola(1)

eu(24)

f(1)

falar(1)

feltro(4)

feltros(2)

festas(21)

flores(2)

fotos(5)

frases(1)

grillo(1)

kefir(1)

lingua portuguesa(1)

livros(1)

luz negra(1)

medo(2)

momentos(32)

mulher(26)

natal(2)

nome(4)

palavras(1)

papa(1)

pintura(1)

piscina(1)

poesia(2)

porto(2)

portugal(1)

projectos(1)

reino das aguias carecas(2)

sal(1)

saude(5)

sono(3)

teatro(1)

vestido(4)

vicios(1)

vila do conde(1)

todas as tags

O que visito
pesquisar
 
participar

participe neste blog